"Coração d'Ouro"
Açores. Uma viagem divertida e inesquecível
Ivo Geraldes
03.SET.2015

Uma comitiva de atores da nova novela da SIC Coração d'Ouro viajou durante dois dias até à ilha Terceira, nos Açores. A Notícias TV acompanhou-os

"Estas viagens são giras, porque dão sempre a ideia que os atores são todos amigos e se dão todos muito bem, quando às vezes não nos cruzaramos com os colegas de outros núcleos de uma novela", explicou Cláudia Vieira à Noticias TV. A atriz foi uma das que marcou presença na viagem de dois dias que a SIC organizou aos Açores, local onde decorrem as gravações de Coração d'Ouro, que se estreia no próximo dia 7.

Lúcia Moniz, Diana Chaves, Igor Marchesi, Rodrigo Soares, Eduardo Frazão e Filipe Vargas também estiveram na ilha Terceira no início desta semana. Uma incursão que começou, logo no primeiro dia, na passada segunda-feira, com um passeio de barco para ver baleias e golfinhos. "São sempre animais que nos inspiram e que nos transmitem bons sentimentos", admitiu Cláudia Vieira. Só as baleias é que não apareceram. "Não fiquei desiludida, mas vinha com tanta fé de ver baleias... O que vale é que, para compensar, vimos dezenas e dezenas de golfinhos", admitiu Diana Chaves.

Em alto mar, o ambiente foi sempre de festa. Pelo menos até a forte ondulação ter levado a algumas má disposições. "Como tenho a mania que consigo aguentar tudo, não tomei nada antes da viagem e acabei por passar um mau bocado. Enjoei muito", brincou Eduardo Frazão, que, no entanto, não deixou de se juntar a Igor Marchesi num mergulho. "Sou muito aventureiro, qualquer oportunidade que tenho para ir à água, lá estou eu", confidenciou, por sua vez, o ator brasileiro, descrevendo esse momento como "o mais marcante da viagem".

O primeiro dia termino com a apresentação da novela Coração d'Ouro no Museu de Angra, local muito especial para Lúcia Moniz. "Este museu era, antigamente, um liceu e foi aqui que os meus pais e os meus avós estudaram. Por isso, para mim é muito especial pisar este chão", revelou a atriz e cantora. "Nunca tinha feito ficção cá. É muito especial estar aqui porque o meu sangue é 100% açoriano", prosseguiu a atriz e cantora, que já conhecia todos os locais por onde o elenco passou. "Foi uma forma diferente de vir à ilha e de partilhar estes sítios com pessoas que não conheciam. Encheu-me de orgulho ver a cara de felicidade e de encanto dos meus colegas e amigos. Emocionei-me em alguns momentos como, por exemplo, no passeio de barco. Olhar para a ilha acabou por me trazer memórias e boas recordações que vivi aqui", confidenciou à NTV. A viagem foi tão pessoal que acabou mesmo por conseguir mostrar a sua casa, na Praia da Vitória, aos restantes colegas.

O segundo dia na Terceira foi inteiramente dedicado à exploração da ilha e dos seus sítios mais emblemáticos. Um tour turístico que passou por Monte Brasil, Algar do Carvão, Serra do Cume e a cidade da Praia da Vitória, entre outros locais. Não faltaram paisagens com o mar ao fundo, campos verdes a perder de vista e vulcões. "Gostei de tudo, mas adorei conhecer o vulcão. Depois de alguma hesitação, fui até lá abaixo", riu-se Diana Chaves. Para Cláudia Vieira, a gastronomia e a paisagem foi o que mais sobressaiu: "Ter conhecido três bons restaurantes típicos da região foi muito bom. Sou um escândalo de um bom garfo. É que as pessoas olham para mim e acham sempre que devo ter imensos cuidados com aquilo que como e na verdade não é assim. Não resisto a pão, por exemplo. É mesmo uma questão genética".

comentários