'Scandal' está de volta. O que esperar da nova temporada?
30.JUN.2015

Os novos episódios da aclamada série protagonizada por Kerry Washington estreiam-se esta terça-feira, dia 30, na Fox Life e prometem reviravoltas de levar os espectadores a "perder a cabeça"

Mais drama, mais segredos, mais suspense. Tudo isto está mais do que garantido na quarta temporada de Scandal, que chega amanhã, dia 30, a Portugal, através da Fox Life, às 23.15. Os novos 22 episódios focam-se no regresso de Olivia Pope (Kerry Washington) a Washington D.C., depois de ter viajado durante dois meses com Jake (Scott Foley), o seu par romântico, para uma ilha na costa leste africana. Ao voltar à ação, a protagonista vê-se com a responsabilidade de reerguer a sua empresa de gestão de crises, que fechou portas na temporada anterior, com a ajuda da sua equipa, os famosos "gladiadores de fato".

Este arranque coincide com a tomada de posse do Presidente Fitz (Tony Goldwyn), que se prepara para executar um segundo mandato, e vem confimar o que, na despedida da terceira temporada, ficou em aberto: a morte de Harrison (Columbus Short), um dos parceiros de Olivia na empresa. Outra grande reviravolta na trama ocorre quando Fitz descobre a verdade sobre o envolvimento de Rowan (Joe Morton), pai de Olivia, na morte do seu filho Jerry Jr. Quanto à protagonista, sabe-se ainda que estará mais determinada que nunca em derrotar o seu pai e vingar a morte de pessoas inocentes.

Muitas mais surpresas estão para vir, garantiram a produtora Shonda Rhimes e alguns dos atores, na altura de promover a temporada. "Vai acontecer a maior e mais espetacular surpresa nos próximos episódios, algo que deixará os "gladiadores" desorientados. A única pista que dou é que os fãs da primeira temporada vão perder a cabeça", assegurou Darby Stanchfield, que interpreta a personagem Abby, uma das "gladiadoras de fato", em entrevista ao site norte-americano TV Line.

Apesar de manter quase todo o elenco original, a quarta temporada da série ancorada pelo canal ABC conta também com novos rostos. Entre eles, destacam-se Portia de Rossi, a famosa Lindsay da série Arrested Development, que será Elizabeth Ross, líder do Comité Nacional Republicano e conselheira da primeira-dama. A ela juntam-se Sonya Wagner, Penny no drama Lost, no papel de uma velha amiga de Olivia, Jason Butler Warner, cara bem conhecida de séries como The Blacklist ou Homeland, que será um dos maus da fita envolvidos no rapto da protagonista, e ainda Matthew Del Negro (Mistresses), Brian Benben (Clínica Privada) e Kelen Coleman (Men at Work).

Enquanto que Portugal avança agora com a quarta temporada, a quinta prepara-se para arrancar nos Estados Unidos no dia 24 de setembro. Na televisão norte-americana, os 22 episódios que agora chegam ao público português não desiludiram, tendo estreado com 11% de share perante 11.96 milhões de espectadores, um número recorde comparativamente a temporadas anteriores. Quanto à última emissão, os números foram menos generosos que em anos anterioes mas, ainda assim, colocaram a estação ABC nos primeiros lugares da tabela de audiências da noite, com 8% de share e 8.08 milhões de espectadores.

O sucesso de Scandal em todo o mundo já se faz sentir desde a primeira temporada. Até hoje, a série criada por Shonda Rhimes, também produtora de Anatomia de Grey e How to Get Away With Murder, já valeu a Kerry Washington duas nomeações para um prémio Emmy, na categoria de Melhor Atriz de Drama, e uma nomeação para Globo de Ouro. A trama também já conquistou dois Emmy"s de Melhor Participação Especial para Dan Bucatinsky, em 2012, e para Joe Morton, em 2014, assim como o título de Programa de Televisão do Ano, em 2013, pela mão do American Film Institute.

A quarta temporada de Scandal estreia-se amanhã na FoxLife, às 23.15, e será emitida todas as terças e quintas-feiras, no mesmo horário.

comentários